The five best restaurants in Belém for those who want to taste the best of authentic Marajoara cuisine! / Os cinco melhores restaurantes de Belém para quem quer provar o melhor da autêntica culinária Marajoara!

Rereading the gastronomic critiques of the city of Belém, capital of the state of Pará, the cradle of the Marajoara cuisine, I noticed, with some sadness, that often they choose restaurants that serve nothing (or almost nothing) of regional authentic foods like the best ones of the city.

So among the first ones we always see in the list of the best of the year, we always see at least two restaurants of Italian cuisine, one of international cuisine and finally one that pretends to be the only representative and spokesperson of the cuisine of the region. I will not name it cause this is not the reason for this posting but rather give highlights to restaurants which, in my opinion, represent authentic regional cuisine and are pretty much a mandatary stop-off for anyone visiting the city.

So let’s go!

“Point do Açaí”

The city of Belém, capital of the Marajoara region, has as a gastronomic differential the true and pure açaí, which until today is the base of the cuisine of the region, together with river fishes, of several people bordering the region. In every corner you find a shop selling açaí, which are open year round. This restaurant is the place for anyone who wants to taste the real Açaí from Pará (name of the State) .

The açaí served in the restaurant comes directly from the islands region in front of Belém (capital of the State) and is harvested by an association of locals from the islands themselves. And it is served in portions of liter and half liter accompanied by plates of fish of the region fried or even with dried meat fried, pink shrimp sautéed and/or other typical accompaniments. For those who want to eat true and pure açaí as consumed in Pará, there is no other place but the “Point do Acaí”

http://www.pointdoacai.net/delivery.html

Peixe do Careca” (fish from Careca)

From time immemorial, the inhabitants of the riverside region take from the rivers of fresh water one of the main bases of their feeds: the fishes. And it has no more regional and representative dish of this culture than the fish stew, which is nothing more than freshwater fish cooked with salt and seasonings of the region and other basic vegetables, such as onions, peppers, potatoes and eggs, all served in the cooking pot itself and accompanied by rice and manioc flour.

Anyone who wants to eat a true “caldeirada” (traditional name of the fish stew), as they say in the region, “root” (means authentic), this is the place. But arrive early, cause on the weekends is crowded.

Tacacá do Renato

 You, who visit the region, will realize that as much as açaí, there are sales and restaurants scattered throughout the city that sell some dishes from the region, which gather almost all the ingredients typical of the Marajora culture. The tacacá, based on tucupi (juice extracted from the cassava root), “gum” (mixture of cassava starch with water), salty shrimp and “jambu” (typical herb of the region); the vatapá, whose base is palm oil, coconut milk and salty shrimp; and the “maniçoba”, made with cassava leaves cooked for seven days with various types of meats. The Paraenses (people born in the region) has the culture of eating these dishes as a kind of late afternoon snack, so most are stalls and not restaurants, but you can eat as a meal also, cause any of these dishes worth it.

And there is a specific restaurant that you taste these dishes, all prepared to perfection: Renato’s tacacá. Whether it’s a meal or a snack, you can not miss it.

Saldosa maloca

This should not even be put on a list of restaurants as it is a true tourist tour which also serves excellent regional food.

Located on the other side of Belém, on the other bank of the Guama River, the restaurant is only accessible by boat or speedboat. At weekends and holidays, boats leave every five minutes from a port in the old town of Belém towards the restaurant, which serves all the basic dishes that are part of the daily life of the riverside people, such as roasted and fried river fishes, “caldeiradas”, fish dumplings, açaí, among others, all prepared as the old people did. Besides eating well, the view of the city of Belém is a privilege aside. It would be worth knowing the place just for the memory.

Toc Toc do Nonato

One of the most iconic dishes of Marajoara cuisine, without a shadow of a doubt, is the crab toc toc, which are freshwater crabs boiled basically in water and salt, with garlic and onion, served whole and the consumer breakes the crabs with a small hammer, accompanied by rice, beans, fried manioc flour and vinaigrette.

And this restaurant specializes in this dish and serves one of the best in the region, as well as the braised crab meat, crab soup, among other typical dishes.

Well, I hope you have enjoyed it and can visit any of the restaurants on the list, which you will not regret.

To purchase our book, access one of the links below:

Amazon: https://amzn.to/2vO1zH8

Google Play: https://curtaiptv.top/nFtLv

Barnes and Noble: https://bit.ly/2OOAs7u

Also available in Apple store.

Em português…

Os cinco melhores restaurantes de Belém para quem quer provar o melhor da autêntica culinária Marajoara!

Relendo as críticas gastronômicas da cidade de Belém, capital do estado do Pará, berço da culinária marajoara, percebi, com certa tristeza, que frequentemente elegem restaurantes que não servem nada (ou quase nada) de regional como os melhores da cidade.

Então entre os primeiros colocados sempre vemos pelo menos dois restaurantes de culinária italiana, um de culinária internacional e por fim um que pretende ser o representante e porta voz da culinária da região. Não vou nomear, pois essa não é a razão dessa postagem e, sim, dar destaques a restaurantes que, na minha opinião, representam a autêntica culinária regional e são praticamente parada obrigaria para quem visita a cidade.

Então vamos lá.

Point do Açaí.

A cidade de Belém, capital da região marajoara, tem como grande diferencial gastronômico o açaí, que até hoje é a base da culinária, juntos com peixes de Rio, de diversos povos ribeirinhos da região. Em cada esquina você acha uma barraca de venda de açaí, que ficam abertas o ano inteiro. Esse restaurante é o local para quem quer provar o verdadeiro açaí a moda Paraense.

O açaí servido no restaurante vem diretamente da região das ilhas em frente à Belém e é colhido por uma associação de moradores das próprias ilhas. E é servido em porções de litro e meio litro acompanhado de chapas de peixes da região fritos ou ainda de carne seca frita, camarão Rosa salteados e outros acompanhamentos típicos. Pra quem quer comer o verdadeiro e puro açaí como consumido no Para, não tem outro lugar senão o Point do Açaí.

http://www.pointdoacai.net/delivery.html

Peixaria do Careca

Desde tempos imemoriais, os habitantes da região ribeirinha tiram dos rios de água doce uma das principais bases de suas alimentações: os peixes. E não tem prato mais regional e representativo dessa cultura do que a caldeirada de peixe, que nada mais é do que peixe de água doce cozido com sal e temperos da região e outros legumes básicos, como cebola, pimentão, Pimenta de cheiro, batata e ovo, tudo isso servido na própria panela do cozimento e acompanhado de arroz e pirão de farinha d’água.

Quem quiser comer uma caldeirada, como dizem na região, “raiz”, esse é o local. Mas chegue cedo, que aos finais de semana lota.

Tacacá do Renato

Vocês vão perceber que tanto quanto açaí, existem vendas e restaurantes espalhados por toda a cidade que vendem alguns pratos da região, que reúnem praticamente todos os ingredientes típicos da cultura Marajora. O tacacá, que tem como base o tucupi (suco extraído da raiz da mandioca), “goma” (mistura de amido de mandioca com água), camarão Salgado e “jambu” (erva típica da região); o vatapá, cuja base azeite de dendê, leite de coco e camarão Salgado; e a maniçoba, feita com as folhas da mandioca cozidas por sete dias com diversos tipos de carnes. Os paraenses tem a cultura de comer esses pratos como um tipo de lanche do final da tarde, por isso a maioria são barraquinha e não restaurantes, mas como refeição, qualquer desses pratos vale muito a pena.

E tem um restaurante específico que você prova esses pratos, todos preparados a perfeição: o tacacá do Renato. Quer seja em uma refeição, quer seja como lanche, você não pode perder.

Saldosa maloca

Esse nem deveria ser colocado em uma lista de restaurantes, pois é um verdadeiro passeio turístico, que também serve uma excelente comida regional.

Localizado do outro lado de Belém, na outra margem do rio Guamá, o restaurante somente é acessível de barco ou lancha. Aos finais de semana e feriados, barcos saem de cinco em cinco minutos de um porto na cidade velha de Belém em direção ao restaurante, que serve todos os pratos básicos e que fazem parte do dia a dia dos ribeirinhos, como peixes de Rio assados e fritos, caldeiradas, bolinhos de peixe, açaí, entre outros, tudo preparado como antigamente. Além de comer bem, a vista da cidade de Belém é um privilégio a parte. Valeria a pena conhecer o local só pela recordação.

Toc Toc do Nonato

Um dos pratos mais icônicos da culinária marajoara, sem sombra de dúvida, é o caranguejo toc toc, que são caranguejos de água doce cozidos basicamente em água e sal, com alho e cebola, servidos inteiros e o consumidor é que quebra os caranguejos com um pequeno martelo, acompanhado de arroz, feijão, Farofa e vinagrete.

E esse restaurante se especializou nesse prato e serve um dos melhores da região, assim como a carne do caranguejo refogada, sopa de caranguejo, entre outros pratos típicos.

Bom, espero que tenham gostado e possam visitar qualquer um dos restaurantes da lista, que não irão se arrepender.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s